COLETA SELETIVA

A população está se tornando uma grande parceira do município na preservação do meio ambiente, separando o material reciclável para a Coleta Seletiva do resíduo úmido. O Governo Municipal alerta sobre a importância do consumo consciente e a separação do lixo reutilizável, que, além de deixar de poluir, gera renda.
Há dois anos foi implantada a Coleta Seletiva em Congonhas, neste período mais de 300 mil quilos de material seco deixou de ser jogado diretamente no aterro controlado do município, reduzindo assim a poluição do solo, água e ar. Na campanha são recolhidos dois tipos de lixo: seco e úmido (confira também o link da coleta de lixo úmido). A Coleta Seletiva é feita a cada dia em uma região da cidade (veja o cronograma abaixo).
Além de preservar o meio ambiente, a Coleta Seletiva gera renda para os membros da Associação dos Catadores de Papel de Congonhas (ASCACOM), que, em parceria com a Prefeitura, faz a separação, trituração e embalagem dos materiais, vendidos para uma empresa de Belo Horizonte. A associação desconta 10% do valor e divide o restante entre os associados.
Cerca de 30 toneladas diárias de resíduos sólidos são descartadas no aterro controlado de Congonhas. Os detritos são compactados e armazenados em malotes de aproximadamente 300 kg, depois vendidos às empresas parceiras. O lucro é dividido entre os associados.
O caminhão da Coleta Seletiva passa nos bairros a partir das 8h, de acordo com a rota do dia. Confira:
Segunda: Centro, Fonte dos Moinhos, Fonte das Águas, Barro Preto, Lucas Monteiro, Residencial Gualter Monteiro, Cristo Rei e Dom Oscar.
Terça: Centro, Casa de Pedra, Primavera, Rosa Eulália, Grand Park, Praia, Tijucal, Consolação, Nova Cidade, Barnabé, Campinho e Cinquentenário.
Quarta: Centro, Vila Rica, Basílica, Lamartine, Bom Jesus, Alto dos Cruzeiro, Boa Vista e Complementação e Belvedere.
Quinta: São Luiz, Vila Cardoso, Vila Marques, Lobo Leite, Profeta, Vila Ipiranga, Vila Condé, Vila Nereu, Campo das Flores e Pires.
Sexta: Plataforma, Santa Quitéria, Esmeril, Maranhão, Pequeri e Joaquim Murtinho.
Sábado: Santa Mônica, Alvorada, Rosário, Ideal, Matriz, Tancredo Neves, Vila Andreza, Zé Arigó e Vila São Vicente.