Criadores recebem curso para elevarem produção e qualidade de suas aves

Sob a coordenação da Diretoria de Desenvolvimento Rural da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia da Prefeitura de Congonhas, patrocínio do Sindicato dos Produtores Rurais de Conselheiro Lafaiete e Região e parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) em Minas Gerais, 13 criadores de Congonhas receberam o Curso Básico para Criadores de Aves. As aulas aconteceram dias 5, 6 e 7 de maio das 7h30 até às 16h30 e foram ministrado  pelo instrutor Gilberto Leão, do SENAR Minas, que ensinou aos produtores, entre outras tarefas, como preparar o local de criação, alimentar os animais e vaciná-las.

“Como possuíamos participantes da área urbana e rural, desta vez ficou mais fácil realizar este curso, que foi coordenado pela servidora Elizete Maria Cardoso Silva, na sede do Município, por isso agradecemos ao José Carlos Vartuli, que disponibilizou um galpão no bairro Boa Vista para esta finalidade”, diz o diretor de Desenvolvimento Rural da Prefeitura, Wedson Guerra.

Ao final do curso, os produtores recebem um certificado emitido pelo Ministério do Trabalho, que pode ser utilizado como contagem de tempo em concursos e como carga horária no caso de estágio.

O Curso Básico para Criadores de Aves complementa outras ações da Prefeitura neste ramo de produção. Além de incentivar o cultivo de grãos para alimento também de animais como aves, ela coordena a compra consorciada de aves geneticamente melhoradas, graças a um convênio estabelecido com o Sítio da Serra, de Oliveira, no Centro-Oeste de Minas. A partir do final de junho, será aberta uma nova Campanha das Aves para que sejam feitos novos pedidos de aquisição de diversas espécies, que serão entregues em agosto. Mais informações pelo telefone 3731-3789.

“Agradecemos ao Sindicato dos Produtores Rurais de Conselheiro Lafaiete e Região e ao SENAR, que nos proporcionaram já quatro cursos. Anteriormente haviam sido realizados os de implementos agrícolas, de manutenção de trator e de derivados do leite, que já proporcionam a cada produtor que participou de um deles desempenhar melhor suas atividades profissionais e já estarem elevando sua renda. Estes treinamentos beneficiam igualmente os consumidores, que passam a contar com produtos mais saudáveis em suas mesas”, completa o direto de Desenvolvimento Rural.