14 Bis apresentou clássicos da banda em show de abertura do Festival de Inverno

Pela quarta vez na Cidade dos Profetas, a banda 14 Bis aqueceu a noite dessa sexta-feira, 12, durante a abertura do 24º Festival de Inverno. O público levantou a voz com as canções clássicas do grupo mineiro, como “Caçador de Mim”, “Espanhola” e “Canção da América”. A banda também apresentou trabalhos que ainda nunca foram gravados, mas que, segundo Cláudio Venturini, agora estarão em um DVD acústico.

“O 14 Bis vive fazendo abertura e encerramento de festivais. Eu mesmo comecei em um festival. A primeira vez que subi em um palco foi em um festival. Gostamos de ver quem está começando porque as pessoas têm contato com um público maior”, disse o músico, se referindo à oportunidade que artistas locais têm de mostrarem o seu trabalho.

Levando em conta que Congonhas é considerada a imagem de Minas e que o 14 Bis é uma das bandas mineiras mais expressivas, Cláudio Venturini também falou sobre a relação do grupo com a mineiridade.   “Congonhas é um dos polos do barroco. Temos muita influência da música barroca no 14 Bis. A música mineira tem muita influência do barroco. Temos uma mistura meio maluca de barroco mineiro com Beatles, rock n’ roll, rock progressivo… é isso que faz o som do 14 Bis”, observou.

Outras atrações

A noite também foi embalada por uma intervenção do musical “Hair”, da Cia. Terceiro Sinal. O espetáculo será apresentado neste domingo, 14, às 20h, no Live Eventos. Acesse a programação completa aqui.