DESTAQUE EM CONGONHAS

Crianças e adolescentes da escolinha de futebol do Bangu refletem sobre o Dia Nacional do Combate a Violência Sexual

Por Secretaria Municipal de Comunicação e Eventos - 18 de maio de 2022

A Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer, Turismo e Eventos (Seculte) em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedas), realizou nesta quarta-feira (18), uma conversa com crianças e adolescentes do projeto de escolinha de futebol, Bangu, no Bairro Joaquim Murtinho.

O combate ao abuso e exploração sexual infantil e adolescente foi o tema abordado pela psicóloga do Sedas, Laila Ferreira.  Na oportunidade, o Diretor de Esportes do Projeto, Sr. Eduardo Nereu agradeceu às Secretarias pela realização desta conversa. “Todos os dias devemos trabalhar no combate do abuso da exploração sexual de nossas crianças e adolescentes e é importante quando eles ouvem um profissional da área falar conforme o entendimento de cada idade”, relata.

O combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes passa por ações de diversas áreas, devido à diversidade de situações nas quais essa prática pode se manifestar.

Denúncia

O melhor caminho para erradicar o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes é a conscientização, a prevenção, a mudança da cultura e mentalidade da população, por isso a importância de denunciar os possíveis casos.

A denúncia deve ser realizada pelo Disque 100. A ligação é gratuita e pode ser feita de forma anônima. O serviço está disponível 24 horas, todos os dias, inclusive fins de semana e feriados.

Outros canais para denúncia, em Congonhas, são por meio do Conselho Tutelar (3731-1490) e CREAS (3731-1283).

Por Lílian Gonçalves – Comunicação – Prefeitura de Congonhas

Fotos: Seculte