DESTAQUE EM CONGONHAS

Governo Municipal pede a colaboração dos moradores de Congonhas para manter a cidade limpa, não jogando entulhos e lixos em ruas e estradas.

Por Secretaria Municipal de Comunicação e Eventos - 24 de outubro de 2023

A estrada da Plataforma, em Congonhas, amanheceu mais uma vez tomada por lixos e entulhos descartados incorretamente ao longo da via. O Governo Municipal tem intensificado a coleta em todas as áreas do Município, mas para que a cidade permaneça limpa é necessário a colaboração da população para participar e ajudar nesta ação, não jogando entulhos e lixo em ruas, calçadas, terrenos e vias públicas. O descarte irregular de lixo foi registrado nas últimas semanas no Município em vários pontos.

Todos os lixos que são descartados em locais impróprios contribuem para que ocorra o entupimento de bueiros, rios, provocando alagamentos e trazendo prejuízos para a comunidade e os próprios moradores.

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural e Secretaria de Obras e Infraestrutura estão realizando a limpeza dos locais e pede a conscientização das pessoas.

O lixo descartado de forma incorreta atrai animais que podem provocar acidentes e danos à saúde. É muito importante à população ter esta conscientização e educação.

Veja algumas orientações para a população ajudar a Administração Municipal a manter a cidade limpa:

– Não jogue lixo em vias públicas. Caso você tenha algo a descartar, guarde o material consigo até encontrar a lixeira mais próxima. Não custa lembrar: lugar de lixo é na lixeira.

– Em casa, acondicione o lixo doméstico em sacos plásticos devidamente amarrados, com o cuidado de não exceder a capacidade de peso e volume.

– Consulte os dias e horários da Coleta de Lixo no Site da Prefeitura www.congonhas.mg.gov.br.

– O projeto Descarte Consciente está sendo realizado em todo município. Informações do dia no seu bairro entre em contato com a Semad no telefone (31) 3732-0701.

Pequenas atitudes podem transformar e ajudar a vida de várias pessoas! Conscientize-se!

Por Lílian Gonçalves