Noite de Caldos e Violas promove cultura e sabores quentes para o inverno

Quando o frio chega à Cidade dos Profetas, nada melhor que saborear deliciosos caldos e comidas típicas desta época do ano, não é mesmo? E é essa a proposta da Noite de Caldos e Violas: aquecer o público com os mais variados sabores e promover a cultura. O evento é realizado sempre um dia antes do Festival da Quitanda.

Durante a festa são comercializados caldos para todos os gostos, como de feijão, mandioca e moranga, além de churrasquinho e outros pratos quentes, preparados por cozinheiras e cozinheiros de Congonhas.

A Noite de Caldos e Violas também é embalada por muita música. Pelo palco já passaram grandes nomes da música brasileira, como Almir Sater, Sérgio Reis, Roberta Miranda e Alceu Valença.

Participante do evento, a chef Gabriella Palmieri deixa uma receita de dar água na boca.

 

Caldo de abóbora com carne seca e requeijão

INGREDIENTES

✓ 1 abóbora moranga pequena

✓ 1 kg de carne seca

✓ 200 g de bacon em pedaços

✓ 2 dentes de alho amassados

✓ 1 cebola grande picada

✓ 300g de requeijão

✓ 1/2 xícara de cheiro verde

✓ Sal e pimenta do reino a gosto.

MODO DE PREPARO

Deixe a carne de molho por duas horas, trocando a água pelo menos três vezes para dessalgar e, em seguida, cozinhe e desfie. Reserve.

Em uma panela de pressão, coloque os pedaços de abóbora sem casca e cubra com água. Cozinhe a abóbora até ficar bem macia, amasse com um amassador de batatas, reserve.

Em uma panela, frite o bacon até dourar, acrescente o alho e a cebola e deixe dourar junto. Em seguida, refogue a carne seca já desfiada. Adicione a abóbora com a água do cozimento e deixe ferver. Depois tempere com sal e pimenta do reino. Deixe engrossar até o ponto desejado.

Desligue o fogo e coloque o requeijão. Por cima, polvilhe o cheiro verde.