DESTAQUE EM CONGONHAS

Prefeitura promoverá Semana Municipal de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural de Congonhas entre 25 e 28 de outubro.

Por Secom - 20 de outubro de 2021

A Secretaria Municipal de Educação (SEMED), junto a Diretoria de Planejamento e Promoção de Programas e Projetos, em parceria com a Diretoria de Patrimônio, Fumcult, Museu de Congonhas, Instituto Histórico e Geográfico de Congonhas e Secretaria de Cultura, realizam a Semana Municipal de valorização do Patrimônio Histórico e Cultural de Congonhas com ações que vão de 25 a 28 de outubro.

O trabalho começa nas escolas para que os alunos conheçam seus ícones culturais e patrimoniais e, a partir do resgate da memória, seja possível criar afetividade e pertencimento ao patrimônio material e imaterial de Congonhas. Assim, a Semana do Patrimônio traz ações concentradas sobre os assuntos que foram expostos em sala de aula.

Em 2021, o encontro de abertura para a autoridades convidadas será no Museu de Congonhas, no dia 25, que, já na entrada, poderão apreciar a mostra Portais Barroco de Congonhas, de Hernando Rocha Vitor e alunos do projeto Arte na Escola. Músicos do Arte na Escola também participarão da solenidade.

Após a abertura oficial, os convidados assistirão ao filme Jubileu, cedido pelo Centro Técnico Audiovisual (CTAv), órgão ligado à Secretaria Especial de Cultura, vinculada ao Ministério do Turismo. O filme dirigido por Eduardo Escorel foi gravado há 40 anos, em 1981, mostra a tradição religiosa dos romeiros e a fé impressa na Sala dos Milagres, que fica na Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, bem como a rotina dos moradores e trabalhadores da época.

Na terça, outras atividades serão desenvolvidas como oficina de velas e missa em ação de graças em memória a Dom Silvério, além da mostra Passos de Dom Silvério, também de Hernando Rocha Vitor e alunos do projeto Arte na Escola que estará na matriz de Nossa Senhora da Conceição. A cerimônia religiosa seguirá os protocolos indicados para a não disseminação do novo coronavírus.

Na quarta, 27 de outubro, um bate-papo remoto será realizado para falar sobre a produção do filme Jubileu com a participação do diretor Eduardo Escorel. Na mesma sala, estarão André Candreva e Roberto Candreva, que participam deste momento com Eduardo e em seguida falarão um pouco sobre a vida de Dom Silvério e suas contribuições para o Jubileu de Congonhas. O link de acesso ao público será divulgado e todos poderão participar da conversa pelo chat.

Na quinta, último dia da programação, será veiculado pela internet o documentário Tributo a Dom Silvério, produzido em parceria com a Secretaria Municipal de Comunicação e que vai mostrar vários detalhes da vida, dos estudos, trabalho religioso e curiosidades da vida de Dom Silvério, filho ilustre de Congonhas. O curta-metragem também conta com a participação de vários alunos das escolas públicas municipais, orientados pelos professores do Grupo de Referência da Igualdade Étnico-racial (GRIER), e com músicas executadas pelo Coral Cidade dos Profetas.

A Semana de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural de Congonhas atende as especificações da Lei Municipal 3.782/2018.

Por Daniel Palazzi – SECOM – Prefeitura de Congonhas

Foto: Reinaldo Silva