DESTAQUE EM CONGONHAS

Prefeitura realiza ações para combater abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Por Secretaria Municipal de Comunicação e Eventos - 18 de maio de 2022

Neste dia 18 de maio é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de crianças e adolescentes. Para reforçar esse dia, na última semana, a Prefeitura de Congonhas realizou uma roda de conversa com troca de experiências para tratar questões como o fluxo de atendimentos de denúncias, fortalecimento da rede de atendimento e proteção de crianças e adolescentes. Participaram do encontro o CREAS, Conselho Municipal de Direito da Criança e Adolescente, Garoto Cidadão, representantes das Secretarias de Desenvolvimento e Assistência Social – SEDAS, Educação e Saúde.

Após esse encontro, uma das ações previstas é a realização de um diagnóstico por meio de um questionário que será aplicado nas escolas da rede municipal para abordar o tema e posterior intervenções que se fizerem necessárias.

 

Combate

Em Congonhas, o combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes é realizado ao longo do ano por meio de campanhas sobre o tema, divulgações nas redes sociais, rádio e com ações nas escolas e projetos sociais.

O tema é abordado nas escolas pelos educadores, em parceria com o Conselho Tutelar, e também com o trabalho contínuo do Programa de Educação em Sexualidade e Cidadania (PESC). São realizadas oficinas, rodas de conversas e palestras. Esse direcionamento contribui para reflexão sobre o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e de como buscar ajuda em caso de violação dos seus direitos.

Na área da saúde, os profissionais trabalham com abordagens nos fatos sugestivos de abuso sexual, na estratégia de saúde da família, Clínica da Mulher, Clínica da Criança e UPA. Após identificar os possíveis casos é feito o encaminhamento para os órgãos de referência.

Sinais de Alerta

Mudança de comportamento, dificuldade de aprendizagem, marcas no corpo, agressividade, doenças sexualmente transmissíveis, sexualidade aflorada, condutas sexuais inadequadas, dificuldade de relacionamento, sentimento de culpa, autodesvalorização, falta de autoestima são alguns sinais de que a criança e o adolescente possam sofrer abuso e a exploração sexual.

Denúncia

O melhor caminho para erradicar o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes é a conscientização, a prevenção, a mudança da cultura e mentalidade da população, por isso a importância de denunciar os possíveis casos.

A denúncia deve ser realizada pelo Disque 100. A ligação é gratuita e pode ser feita de forma anônima. O serviço está disponível 24 horas, todos os dias, inclusive fins de semana e feriados.

Outros canais para denúncia, em Congonhas, são por meio do Conselho Tutelar (3731-1490) e CREAS (3731-1283).

Texto: Letícia Tomaino – Comunicação Prefeitura

Foto: Arquivo PMC